AcyMailing Module

19
> Home / Artigos
Alta intensidade no Tróia Golf
19/09/2017 15:37 MEDIA GOLF
204 jogadores disputaram um lugar nas meias finais, agendadas para Outubro \ © Filipe Guerra

Número recorde de equipas nas Qualificações Regionais Alentejo do Expresso BPI

As Qualificações Regionais Alentejo do Expresso BPI Golf Cup registaram um novo recorde de equipas. Este último fim-de-semana estiveram em campo 51 quartetos (204 jogadores), para apurar metade em cada uma das jornadas, mais os Lucky Losers. Ao todo, foram 28 as que seguiram em frente para as meias-finais regionais, agendadas para 7 de Outubro. 

Na primeira sessão, sábado, desfilaram 27 quartetos. O campo é reconhecidamente difícil, estava vento, e os jogadores ressentiram-se. A LGSP Sports não precisou de mais do que 80 pontos para vencer a sessão, seguida do BPI 2 com 79 e de um trio com 78, composto por Tropical, Miragem e Atlantic Ferries. 

“Vamos para casa com a sensação de dever cumprido e com esperança renovada para dia 7, na verdade estamos motivadíssimos”, afirmou o capitão da LSGP Sports, António Moura Portugal, acrescentando:  “Já tínhamos ficado em segundo três vezes noutras qualificações, mas esta foi a primeira vez que levámos a saladeira grande para casa.” 

Troia_LGSP Sports_Ricardo Martinho_Antonio Moura Portugal_Pedro Perestrelo

A LGSP Sports com Ricardo Martinho, António Moura Portugal e Pedro Perestrelo © Filipe Guerra

Pelo BPI 2, esteve Gonçalo Xavier, um dos totalistas do Expresso BPI Golf Cup, ou seja, um dos que participou em cada uma das suas 20 edições. Jogou ao lado de Fernando Bandeira marcando 43, o melhor resultado net do dia. Joaquim Chuva e Filipe Barreto completaram a equipa com 36. 

Com as pontuações abaixo do que é normal, o cut neste dia fixou-se em 70, apurando-se ainda, além dos cinco conjuntos já mencionados, a Freixenet (77), NOS 2 (76), Mediacom (74), CG Tróia (73), Comenda Grande (72), Vinicom (72), NOS 1 (72), Sanfil Medicina (71) e Mercedes-Benz/C. Santos VP 2. A NOS 3 foi o Lucky Loser. 

Na segunda sessão, domingo, estiveram 24 equipas em campo. Não havia tanto vento, pelo que os resultados gerais registaram uma melhoria significativa, com a pontuação máxima a chegar aos 86, pela Visioarq. E o cut fixou-se em 73, em vez dos 70 de sábado. 

“Foi muito bom, melhor não teria poderia ter sido”, afirmou o capitão Vicente Gouveia, que, em união de forças com João Quatorze, registou o melhor resultado net do dia, 46 pontos. Foram complementados com os 40 de Nuno Poiarez/Fernando Pimentel. “Cumprimos o objectivo que queríamos, que era jogar um pouco abaixo do handicap e fazer uma pontuação para passarmos às meias-finais”, referiu Nuno Poiarez. 

Troia_VisioARQ_Fernando Pimentel_Joao Quatorze_Vicente Gouveia_Nuno Poiarez

Fernando Pimentel, João Quatorze, Vicente Gouveia e Nuno Poiarez da Visioarq / © Filipe Guerra

O Clube de Golfe de Costa Alentejana foi segundo com 84 pontos, destacando-se na equipa José Bizarro/Celso Pontes Nunes, com 45. António Pereira/Luís Santos fecharam o score colectivo com 39. 

Seguiram-se, entre as apuradas, Allianz (83), Electromac (81), AMTConta/Astrobalance (80), Nike (79), Zacatraz 1803 (79), BPI (76), Fonte Viva (75), Engimaste/MTZ (75), Europcar (74) e Deutsche Bank (73). Coube à Aqualuz a felicidade no torneio do Lucky Loser, tanto mais que falhara o apuramento por um ponto, tal como aconteceu com a Vista Alegre 1.